Rate this item
(1 Vote)
4
1
3

Informação

Nome:Convento de São José

Morada:R: Joaquim Eugénio Júdice, 8400-325 Lagoa

Gps:37.1369332, -8.453532

Contacto:282 380 434

Email:Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

facebook:www.facebook.com/municipio.lagoa

Site:www.cm-lagoa.pt

Horário:3ª-Feira - Sábado das 09h30 às 12h30 e 14h00 às 17h30

Custo:gratuito

 

A Doçaria Conventual Portuguesa é riquíssima e o nome desta categoria de receitas deve-se ao facto de serem doces criados por freiras e frades que viviam em Conventos.

Portugal é dos países em que a doçaria conventual tem maior destaque e mais enriqueceu a gastronomia portuguesa, tendo sido a base para muitas receitas de doces tradicionais e regionais. Os Conventos tinham fácil acesso aos diferentes produtos para praticarem uma boa mesa. No entanto, de todos os ingredientes presentes nos doces conventuais, a par do açúcar e da amêndoa, também o figo, a laranja, o limão, entre outros, a gema teve grande relevância, estando na origem das riquíssimas receitas conventuais e intimamente relacionada com o aproveitamento de ovos.

Convento carmelita, com claustro, capela e torre-mirante, datado de 1738, como consta na inscrição de uma porta, é também um desses exemplos, integrando nos seus diversos contextos a doçaria conventual e o aproveitamento das matérias locais a que tinha acesso.

Funcionou como recolhimento de mulheres, orientado por uma ordem de freiras mendicantes, as Carmelitas, acolhia crianças do sexo feminino abandonadas, fomentando a sua educação Em 1834, o governo advindo do liberalismo, decretou a extinção das ordens religiosas e dos conventos. Apesar disto, continuou a funcionar como Recolhimento, certamente sob o enquadramento institucional de uma Associação de Meninas Pobres. Decorridos alguns anos, com a normalização das relações entre a Igreja e o Estado, o Convento voltou a funcionar. Desta vez como Colégio orientado por Dominicanas, depois de recuperação conveniente.

Atualmente, após várias intervenções de recuperação, é a sala de cultura e cartão de visita da cidade de Lagoa. Espaço cultural por excelência, ali se pode assistir a diversos eventos culturais, como exposições, recitais, palestras, conferências, entre outros.