Dieta” é aqui entendida como “diaita”, termo grego que significa “estilo de vida”. Transmitido de geração em geração, a Dieta Mediterrânica é uma valiosa peça do património cultural comum do Mediterrâneo, integrando as paisagens, técnicas, artes e recursos culturais ancestrais com um regime alimentar onde domina um combinação equilibrada de alimentos frescos e saudáveis, produzidos localmente e na época. As suas múltiplas expressões locais são fruto da mesma lógica comum: uma aliança sustentável entre a sabedoria de um povo que vive do que a terra o mar mediterrânico lhe dá. No Algarve, essa combinação tem uma configuração particularmente interessante, no extremo Ocidental da Europa, por onde se cruzam os povos do Mediterrâneo pelo menos nos últimos quatro mil anos. Em resultado desta profunda articulação entre o mar e a terra, a Dieta Mediterrânica desfruta aqui das melhores condições para transmitir ao visitante a essência do que é a “Alma” Mediterrânica, com “sabor Algarvio.